Você gosta de assistir vídeos porno gratuitos e peliculasxxx mostrando putas XXX quentes ser fodida e fazer sexo videosxx com grandes galos, desfrutar desta coleção gratuita de adulto pornô vídeos XXX agora e ver as meninas sensuais fazendo coisas sujas.

BMW Jazz Festival - 2011

billyharper_peqCom um par de ingressos conseguidos na última hora, tive a oportunidade de assistir as atrações dos dias 10 e 12 junho no Auditório do Ibirapuera.

Foi a minha primeira visita a este auditório e fiquei impressionado com a beleza e qualidade do espaço. Embora o espaço seja relativamente pequeno para um evento de tanta repercussão como foi BMW Jazz Festival, talvez a escolha do espaço tenha sido feita objetivando a qualidade e não quantidade. Se este foi o caso, então a produção acertou em cheio.

Ao longo dos três dias de festival, a programação do festival me fez lembrar os primeiros anos do Free Jazz Festival que aconteciam no Hotel Nacional no Rio de Janeiro no final dos anos 80 e onde o jazz da mais alta qualidade corria solto.

A qualidade do áudio no BMW Jazz Festival, em todas as seis apresentações que assisti, estava absolutamente impecável. Ocorreu apenas um problema no início da apresentação de Wayne Shorter, o qual pode ser justificado facilmente pelo fato do grupo não ter tido tempo de fazer a passagem do som com antecedência. A empresa responsável pela sonorização do evento foi a "Gabisom".

O grupo de Wayne Shorter só chegou a São Paulo quando a primeira atração da noite já estava entrando no palco. Billy Harper e seu quinteto deram início ao festival com um show memorável.

Devido às cinzas do vulcão no Chile, Wayne Shorter e grupo tiveram que encarar cerca de 10 horas de viagem de ônibus entre Buenos Aires e Uruguaiana, onde um avião especialmente fretado pela produção do evento trouxe o grupo até Curitiba e depois até São Paulo.

Continue Lendo

Amplificadores valvulados

Ilustração Sobre Amplificadores Valvulados

Heading 1

Timbres clássicos e suas características

O objetivo desta matéria é transpor com palavras as linhas gerais dos diferentes timbres de amplificadores valvulados. Vamos nos concentrar nos modelos clássicos, assim considerados pela época de sua criação ou som diferenciado.

Amplificadores valvulados possuem identidade e aplicações distintas, e o prévio conhecimento das características de cada um é necessário para uma boa compra, aos ouvidos e bolso. Outra ferramenta útil é a pesquisa de sites de avaliação de equipamentos (ex. Harmony Central), onde usuários relatam suas experiências e resultados.

Atualmente temos grande e excelente fabricação de válvulas, garantindo a produção de novos modelos pela indústria e peças de reposição de qualidade, seja por mérito da partição da URSS ou do poder industrial da China (nunca se vendeu tanta válvula no mundo, e a cada ano temos novos recordes).

Grande parte dos ditos novos modelos de amplificadores valvulados para guitarra são inspirados ou descendem diretamente daqueles tratados neste artigo. Pode-se dizer que, excluindo-se a sonoridade "hi-gain" que é nitidamente um fenômeno moderno, os aparelhos ganharam em funcionalidade e recursos, mantendo o fundamento do som nítido e orgânico das válvulas.

Com o objetivo de manter as referências dentro daquilo que é fundamental conhecer, limitaremos os modelos analisados para melhor compreensão de sua sonoridade básica e sua aplicação a cada necessidade.

Fender Twin Reverb

fender_twin_reverb_1Apesar da extensa linha de produtos Fender (um dos pilares de toda a indústria de instrumentos eletrificados e seus acessórios), o termo "limpo Fender" é extensamente usado por guitarristas e imediatamente associado à um som cintilante, cheio e completo – o instrumento em sua plenitude de freqüências, de acordo com a sonoridade desejada na época de sua concepção.

Com suas pesquisas, Leo Fender conseguiu chegar a uma equalização que deixava o som da guitarra bonito e agradável, destacando-o na música. A sonoridade do Fender Twin Reverb está fundamentada nas válvulas de saída tipo 5881 (tetrodo de potência com feixe dirigido similar à atual 6L6), além da série 12ax7/12at7 na seção de pré-amplificação (preamp)1.

Continue Lendo

Guia Brasileiro de Produção Cultural

guia_br_producao_cultural_sesc_sp_2010_2011O SESC SP disponibilizou para download o "Guia Brasileiro de Produção Cultural (versão compacta)".

Segundo os organizadores a versão completa do guia que já está em sua 6ª edição, é pioneira em sistematizar as informações da área de produção cultural sobre planejamento, comunicação, direito de autor, questões financeiras, instituições culturais, questões jurídicas, economia criativa e produção, além de dicas e sugestões.

A versão eletrônica compacta traz uma pequena parte das entrevistas, textos e dicas do Guia integral.

Uma importante ferramenta para artistas, produtores, educadores, estudantes e gestores da área cultural.

Baixe gratuitamente a versão compacta.
Clique aqui!

Para ter acesso à edição completa, entre em contato com as Edições SESCSP no endereço: www.sescsp.org.br/loja


Mais Artigos...